Os mapas mentais, ultimamente, tem sido minha maneira favorita de organizar as ideias.

Faço pra todo tipo de coisa: usei pra reformular o cronograma do meu curso; fiz um pra ter uma visão geral das áreas da minha vida; acabei de criar um novo pra planejar a compra dos móveis do apartamento…

Na época da escola e da faculdade eu ainda não conhecia essa técnica, mas sei que tem bastante gente que usa para os estudos também, pra memorizar e absorver melhor os conteúdos.

É um jeito incrivelmente simples de desembaralhar a cabeça! 🧠

Como fazer mapas mentais | Miss Paper

E é muito fácil fazer o seu: só precisa de um papel (ou app favorito), algumas canetas e as suas ideias.

1 | Escolha seu método

Eu amo fazer meus mapas no papel quando já tenho mais ou menos uma “visão” de tudo o que quero anotar e de como vai ficar o resultado final. (Meus últimos estão guardadinhos no commonplace book!)

Como fazer mapas mentais | Miss Paper

Já quando quero organizar um tema que ainda está bem bagunçado na minha mente, costumo optar pelo site/app MindMeister.

Faço isso porque o digital permite que a gente apague / modifique / mova os itens do mapa com muita facilidade, enquanto o papel não.

E os aplicativos tem a vantagem de permitir também o compartilhamento das informações com outras pessoas (o que é ótimo pra quando o projeto não é só seu).

Cabe a você experimentar e descobrir o que gosta mais! 🙂

2 | Defina o tema

Quando decidir onde vai fazer, escreva, no centro da folha, o tema principal do seu mapa. Pode ser, literalmente, qualquer coisa: organizar a casa; sonhos pra realizar; áreas da vida; um projeto do trabalho…

No exemplo das fotos eu usei um tema da vida real aqui de casa: mobiliar o apartamento!

Miss Paper

3 | Adicione subtópicos ligados ao tema

Inclua, ao redor do seu tópico central, subtópicos ligados a ele. Conecte esses subtópicos ao tema central através de linhas ou pontos desenhados na folha.

No caso da mobília do apto, eu dividi meus subtópicos em cômodos da casa: quarto, sala, cozinha… Dessa forma, vou dividindo uma grande tarefa em partes menores.

Como fazer mapas mentais | Miss Paper

4 | Insira novos subtópicos ou anotações em linha

Uma vez que fez as primeiras divisões, você pode continuar subdividindo cada tópico infinitamente ou inserir as informações que precisa em forma de lista.

No caso aqui do post, eu fiz as duas coisas: na sala, só anotei os móveis que faltam; e no quarto, abri mais dois subtópicos – quarto “de dormir” e closet.

Como fazer mapas mentais | Miss Paper

5 | Atualize como quiser

Mapa mental não tem regra, então não tenha medo de exercer sua criatividade! Preencha com cores pra diferenciar os temas, conecte as informações de jeitos diferentes, anexe imagens relacionadas aos tópicos… Você é livre pra deixar as coisas do seu jeito!

Também fica a seu critério se seu mapa vai ter “fim” ou não: alguns projetos tem data pra acabar e outros você talvez queira acompanhar e atualizar por bastante tempo.

Nesse exemplo do Instagram, eu fiz um mapa “da minha vida”. Vou atualizando constantemente, conforme as coisas vão mudando!

O importante é que, ao terminar de criar seu mapa, você esteja com uma visão mais clara sobre o tema que decidiu destrinchar, e que as suas ideias estejam mais organizadas. Esse é o principal objetivo!

Agora me conta: você já conhecia o conceito dos mapas mentais? Quais assuntos você gostaria de organizar com eles hoje?